Junta de Freguesia de Lorvão Junta de Freguesia de Lorvão

Últimas Notícias

Primeira página do Diário de Coimbra, dia 10 de julho de 2024.

Primeira página do Diário de Coimbra, dia 10 de julho de 2024.


11-JUL-2024

“Carlitos” pedalou desde a Suíça e tinha uma aldeia à sua espera (com vídeo).Balões nos muros do caminho e uma tarja pendurada de um lado ao outro da estrada deram as boas-vindas ao filho da terra. Descendo a rua que leva ao pequeno largo da capela da Aveleira, Carlos Saraiva - “Carlitos”, para todos os que hoje ali se reuniram - ouviu palmas e palavras de saudação. Não foi uma absoluta surpresa. Mas não deixou de se sentir emocionado. «Ser assim recebido, ao fim de 1.900 quilómetros a pedalar, foi o melhor desta viagem», garantiu ao nosso jornal.Carlos Saraiva é, como muitos oriundos daquela localidade de Lorvão, concelho de Penacova, emigrante na Suíça. Foi para o país dos Alpes e do queijo com apenas cinco anos e por lá ficou. Cresceu, estudou, fez carreira de polícia, casou e criou também raízes. É em Courtemautruy que vive com a mulher (natural da Suíça) e três filhas, de quatro, seis e oito anos. Mas a Aveleira, onde está o pai - também ele ex-emigrante -, mais família e amigos, nunca ficou esquecida. Regressa «todos os anos para uma semaninha de férias, e para matar saudades». Este ano, que completa 40 primaveras, decidiu fazer o caminho de bicicleta, desafiando-se a si próprio ou, co­mo brincou, por estar a entrar «na crise dos 40». «Ando algumas vezes de bicicleta, mas raramente faço mais de 100 quilómetros», disse ao Diário de Coimbra, dando conta de ter feito um total de cerca de 1.900 quilómetros, a uma média de 150 por dia. «Custou, mas ao ver estas pessoas aqui à minha espera, valeu a pena», disse.

Agenda de Eventos

Mensagem do Presidente

Mário João Rosa dos Santos Escada

Seja bem-vindo à Freguesia de Lorvão

Pretendemos deste modo dar a conhecer a todos vós um pouco sobre a Freguesia de Lorvão, nomeadamente o seu património, economia, educação, acção social, turismo, bem como a divulgação dos eventos organizados por nós e pelas Associações. Para um Presidente de Junta falar da sua Freguesia não é fácil, já que se torna, mesmo que não se queira, tendencioso.

E que, quem conhecer Lorvão, há poucos anos, decerto nota a transformação, outra forma de vida, mais dinamismo, realizações e uma muito melhor qualidade de vida. Defendo, desde sempre, a ideia de que à Junta de Freguesia, não cabe apenas o papel de instituições promotoras de belas e grandiosas obras imobiliárias, pelo contrário, cabe às Juntas um importante desempenho na dinamização cultural da comunidade local, não para substituírem os cidadãos como agentes singulares ou agrupados em associações, mas sim de forma subsidiária ou supletiva, garantindo e apoiando, pelo modo adequado, o funcionamento das instituições na produção cultural e, sobretudo, na defesa e na preservação da identidade local.

É, porém, no afeto que reside a maior força anímica para tudo o que se faz em prol da Comunidade de que fazemos parte. Assim onde não houver lugar para o afeto, dificilmente haverá espaço para a razão, sem complemento e sistema de direção.

Estas coisas só se encontram na intimidade serena da vida local.

Contudo, a melhor maneira de conhecer a freguesia de Lorvão será visita-la.

Mário João Rosa dos Santos Escada

© 2024 Junta de Freguesia de Lorvão. Todos os direitos reservados | Termos e Condições

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia